quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

A importância do músculo "psoas" para a nossa saúde, vitalidade e bem-estar emocional.

psoas é o músculo mais profundo e estabilizador no corpo humano , afetando o equilíbrio estrutural, a amplitude dos movimento, a mobilidade articular e o funcionamento dos órgãos do abdômen.
É o único músculo que liga a coluna vertebral às pernas, sendo responsável por nos manter em pé, permitindo levantar as pernas para andar. O psoas saudável estabiliza a coluna vertebral e proporciona apoio através do tronco, além de formar um bom suporte para os órgãos abdominais.
Estudos recentes também consideram o psoas,  um órgão de percepção composto de tecido bio-inteligente que incorpora literalmente, nosso desejo mais profundo de sobreviver e florescer. Ou seja, ele é  o mensageiro primário do sistema nervoso central, por isso também é considerado um porta-voz das emoções (“borboletas na barriga”). Isto acontece, porque o psoas está ligado com o diafragma através do tecido conjuntivo, influenciando tanto a respiração, quanto o medo reflexo.
Um estilo de vida acelerado e o estresse geram uma descarga de adrenalina que cronicamente tensiona o psoas, preparando-nos para correr, entrar em ação ou contrair-se, como forma de nos proteger.  Se mantivermos o psoas constantemente em tensão devido ao estresse, eventualmente, começarão a encurtar e endurecer. Assim dificultará a nossa postura e as funções dos órgãos que se localizam no abdômen, resultando em dor nas costas, dor ciática, problemas de disco, degeneração do quadril, períodos de menstruações dolorosas ou problemas digestivos.
Além disso, um psoas tenso envia sinais de voltagem para o sistema nervoso, interfere nos movimentos dos fluidos e afeta a respiração do diafragma. Na verdade, o psoas está tão intimamente envolvido nas reações físicas e emocionais básicas que quando está cronicamente estressado, envia constantemente sinais de alerta ao corpo, por isso pode afetar o esgotamento das glândulas supra-renais e do sistema imunológico . Esta situação é agravada pela maneira de sentar-se ou posições dos nossos hábitos diários, reduzindo nossos movimentos naturais e contraindo ainda mais os músculo.
Um psoas liberado permite alongar muito mais a parte posterior dos músculos e permite que as pernas e pélvis movam-se com  mais facilidade e independência. Melhora a posição da coluna vertebral e de todo o tronco, com a consequente repercussão na melhoria das funções dos órgãos abdominais, da respiração e do coração.
O psoas seria como um órgão de canalização da energia, um núcleo que nos conecta com a terra, nos permite criar um suporte forte e equilibrado desde o centro da nossa pélvis. Assim, a coluna vertebral se alonga e, através dela, pode fluir toda nossa vitalidade.

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Shiatsu: Indicações e benefícios


Desenvolvido no Japão no início do século XX, o Shiatsu é indicado na prevenção e tratamento de várias doenças. A palavra é derivada do japonês SHI que significa “dedo” e ATSU “pressão”, ou seja pressão dos dedos. Na prática, o Shiatsu utiliza técnicas de pressão, percussão, fricção, vibração e imposição de dedos e mãos em pontos e áreas específicas do corpo, além da movimentação de articulações e manipulação desestruturas musculares e esqueléticas com o objetivo de atuar na circulação “energética” através das técnicas de tonificar, sedar, regular.

O terapeuta, usando os polegares, as palmas das mãos e até mesmo o cotovelo, pressiona pontos ao longo dos meridianos do nosso corpo, de modo ritmado e modulado e vai, com esses toques, desbloqueando a energia vital. Além disso, usa técnicas de manipulação, alongamento de músculos e tendões, rotações de juntas, pressão em músculos tensos ou doloridos, melhorando assim a circulação do sangue e linfa. Como resultado, relaxa o sistema nervoso e muscular, desenvolvendo um ritmo de respiração mais eficiente e um melhor equilíbrio energético. O Shiatsu desperta o indivíduo para uma nova consciência de si próprio. Proporciona integração consigo mesmo e desenvolve uma grande sensação de equilíbrio, leveza, vitalidade e bem estar.

A terapia do Shiatsu não é fundamentada no modelo médico ocidental, ela é baseada numa concepção oriental onde acredita-se que a cura não deva ser feita através da doença. Busca-se o fenômeno que a provocou, naquele doente, deixando claro que cada paciente é um, e único na sua individualidade. Para a Medicina Chinesa, os pontos doloridos no nosso corpo, são pontos de bloqueio de energia vital e sua desarmonia energética, ora em excesso em determinados meridianos, ora deficiente em outros, é a causa das doenças. Como medicina preventiva, o objetivo é a harmonia e a manutenção da força vital, acreditando que o corpo harmonizado, energeticamente, é saudável e não necessita de medicamentos.

Abaixo, listamos algumas indicações do Shiatsu:

· Tratamento do estresse;
· Reequilíbrio dos centros de energia (Yin/Yang);
· Harmonização interior;
· Relaxamento geral;
· Revitalização;
· Desenvolvimento da consciência e sensibilização corporal;
· Manutenção e prevenção da saúde;
· Eliminação de toxinas;
· Alívio de dores em geral (coluna, articulações, cabeça)
· Eliminação do “peso” sobre os ombros e nuca, dentre outros.
O paciente, geralmente, passa por uma avaliação com o terapeuta e em seguida pela terapia em si. Uma sessão de Shiatsu é, geralmente, feita de 50-60 minutos, e seu número varia de caso para caso, ou da gravidade e urgência, podendo chegar de 4 sessões por mês. Nesta terapia não é necessário o uso de cosméticos como óleos e lubrificantes e nem tão pouco se despir. Qualquer pessoa, sem limites de idade ou sexo, pois, em sua maioria apresentam problemas de coluna, músculos e articulações. Indivíduos que trabalham no estresse das cidades grandes têm no Shiatsu um grande aliado para problemas de tensão e fadigas musculares. Já as mulheres grávidas apesar de necessitarem de bastante atenção devido aos pontos contra-indicados têm sua circulação de retorno, inchaços e dores musculares melhoradas com a terapia do Shiatsu.

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Saiba mais sobre a Terapia de Pedras Quentes


Ideal para os dias mais frios, a Terapia das Pedras Quentes é a aplicação de termoterapia, utilizando pedras na massagem do corpo. Elas causam um efeito penetrante causado pela sensação térmica das pedras quentes que deslizam sobre o corpo, conseguindo produzir reações fisiológicas e orgânicas.  A temperatura é adaptada individualmente para cada caso, sendo que as pedras ao caminharem sobre os músculos transmitem uma energia que religa a força interior.

Grandes benefícios

As pedras têm intuito de transmitir energia que religa a força interior. A energia gerada quando as pedras quentes são friccionadas no corpo diminui inflamações e melhora a regeneração celular, além de ajudar no tratamento anticelulite e de emagrecimento.

1. Melhora funções orgânicas: as pedras aquecidas sobre pontos estratégicos faz com que se forme uma mensagem intercelular conectando o corpo e a mente, que energizados, passam a ter maior influência no comando da saúde geral do organismo.
2. Recupera energia: através do aquecimento, as pedras liberam a energia acumulada em seu interior, melhorando a energia vital do ser humano, desobstruindo pontos de energia que possam estar bloqueados.
3. Redução do estresse: as pedras aquecidas proporcionam um enorme bem estar, fazendo com que a pessoa fique plenamente aberta para receber a terapia. 
4. Fortalece o sistema imunológico: o relaxamento profundo faz o organismo liberar hormônios que combatem o estresse e fortalecem o sistema imunológico.

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Vícios de postura e seus perigos!



Se quando você chega do trabalho se queixa de dor nas costas, no pescoço, nos punhos, nas mãos ou na sola dos pés, atenção! As dores podem ser consequência da má postura durante o dia de trabalho. Além de tirar sua paz, essas dores também podem afetar a sua produtividade.


Nem todas as atividades profissionais oferecem riscos para o sistema musculoesquelético. Entretanto, grande parte das pessoas que trabalham com computadores podem sofrer de dores musculares devido à postura incorreta na hora de digitar.

Já os trabalhadores que realizam trabalhos manuais ou repetitivos, em linhas de produção, por exemplo, também podem desenvolver quadros dolorosos. Quando a pessoa fica muito tempo na mesma posição, em pé ou sentada, prejudica ainda a coluna e os músculos.

Mas, afinal, você sabe o que é um vício postural? É a compensação que o corpo faz para buscar uma posição mais confortável, porém nem sempre correta. Isso pode acontecer tanto no local de trabalho, quanto no dia a dia ao caminhar, ver televisão, dirigir, etc.

Na maioria das vezes os vícios posturais se instalam sem que a pessoa perceba. Isso, além de causar desconforto, pode levar a uma lesão ou necessitar de terapias para correção. Em casos mais graves, a má postura pode levar ao desenvolvimento de uma hérnia de disco, tendinite e bursite.

O ideal é procurar um médico quando a dor se mantiver de forma crônica. Quanto mais rápidos forem o diagnóstico e o tratamento, menor será o impacto sobre a produtividade do trabalhador. Outra ação fundamental é a prevenção no local de trabalho. A ginástica laboral é um recurso cada vez mais utilizado nas empresas. Se a companhia não oferece, é possível fazer alongamentos e caminhar até o banheiro ou para beber água, evitando longos períodos na mesma posição.

A técnica fisioterapêutica mais utilizada para corrigir vícios de postura é a Reeducação Postural Global (RPG), aplicada principalmente para tratar os músculos que estão fora de forma e corrigir problemas de postura. Um dos resultados mais importantes da RPG é que ensina o paciente a manter a postura adequada, mesmo depois do término do tratamento.


Dicas

Ao usar o computador:

  • Mantenha o monitor na linha dos olhos, a uma distância entre 45 e 70 cm
  • Ao digitar, é importante que o pulso esteja em ângulo reto, no mesmo nível dos cotovelos
  • Enquanto estiver sentado, mantenha os pés no chão. Se a cadeira não permitir, use um apoio 
  • Regule a cadeira de acordo com sua altura, deixando as costas em ângulo reto
  • Apoie os braços na mesa para garantir uma postura mais correta

terça-feira, 27 de outubro de 2015

Acabe de uma vez com a celulite e a gordura localizada!

Muitas pessoas querem eliminar medidas, se ver livre da celulite ou da gordura localizada. Para isso, uma das técnicas de estética bastante eficaz é o Manthus.
O manthus é um aparelho que atua profundamente nas áreas tratadas, por meio da transmissão da corrente elétrica, que abrem os poros facilitando a penetração de princípios ativos específicos contra a gordura localizada, conseguindo atingir até 4 cm da camada de gordura abaixo da pele, transformando o tecido gorduroso acumulado em partículas mais finas, mas sem quebrar a membrana celular. Essas partículas vão para o sistema linfático e são eliminadas pelo suor, urina ou fezes. O método é totalmente indolor.
A corrente elétrica estimula o sistema linfático, a eletroporação auxilia a abrir os poros para penetração dos produtos contra a gordura localizada e as ondas de ultrassom aceleram o metabolismo local. O manthus pode ser feito na região abdominal, culotes, pernas, nádegas, braços e barriga.
Antes de começar a terapia, é feita uma criteriosa avaliação, pois nem todas as pessoas podem se submeter ao manthus. Em geral, são indicadas 10 sessões para começar. Cada organismo é diferente do outro, porém é possível notar uma redução de 2 a 4 cm de circunferência em cada sessão.
Entre em contato com a nossa clínica para maiores informações:
(21) 3648-9972 / (21) 3648-9973 / (21) 9198-1333

quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Conheça os benefícios da fisioterapia durante e após a gestação


Durante a gestação, o corpo de toda mulher passa por uma série de mudanças, sendo fundamental para a saúde da mãe e do bebê, aprender a conviver bem com elas. Para reduzir estes transtornos, a Ariane Pitrez Fisioterapia e Estética oferece um programa especial para as grávidas que alia desde os cuidados estéticos até os físicos, para que a nova mamãe sinta-se bem, equilibrada, durante os meses de mudanças pelas quais ela e o bebê vão passar juntos. O bem estar físico proporciona uma gestação equilibrada. A mamãe que se cuida poderá constatar inúmeros benefícios para si e para o seu bebê. a fisioterapia pode ajudar em cada uma dessas fases.
Através de técnicas utilizadas como drenagem linfática especializada, massoterapia, RPG, exercícios específicos e orientações posturais, alguns benefícios são:
- Melhora da postura durante a gravidez e após o parto.
- Alívio e prevenção das dores durante a gestação.
- Melhora da percepção corporal e autoestima.
- Minimização de transtornos como pernas inchadas, dores nas costas, varizes, etc.
- Controle do peso.
- Fortalecimento dos braços para cuidar do bebê.
Quando a gestante pode iniciar a fisioterapia?
A gestante pode começar a fazer a fisioterapia assim que o médico obstetra responsável autorizar. É muito importante a prevenção, portanto, o quanto antes dar início ao acompanhamento gestacional com a nossa equipe de fisioterapia, melhores serão os benefícios.

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Massagem Modeladora para redução de medidas!



A massagem modeladora é um método muito útil para auxiliar pessoas que procuram a redução de medidas ou de gordura localizada. É uma massagem feita com movimentos mais fortes e intensos, com o intuito de atingir as camadas mais profundas da pele e geralmente é restrita a áreas com grande acúmulo de gordura, como: abdômen, quadris, culote, glúteos, coxas e braços. Seus movimentos ativam o metabolismo local, melhoram a circulação sanguínea e permitem ao massagista trabalhar nas áreas com maior concentração de gordura.
Este tipo de massagem pode ser feito com as mãos ou com o uso de alguns aparelhos como bambu ou rolos com pequenas ventosas, que intensificam os efeitos das manobras e ajudam no processo de transporte e posterior eliminação das toxinas e impurezas do organismo. A massagem modeladora também atua contra a flacidez, que acontece quando há diminuição na produção de fibras de colágeno e elásticas. Mas, o principal objetivo da técnica é atuar na gordura localizada e melhorar a circulação sanguínea. Como a celulite está ligada também a uma má circulação, pode atenuar os casos mais leves do problema.
A massagem modeladora deve ser feita uma ou duas vezes por semana, e normalmente o tratamento deve ser contínuo, para ter a manutenção dos resultados. Cada sessão dura em média de 30 a 40 minutos, e pode haver um intervalo de 48 a 72 horas entre cada uma delas, de acordo com a avaliação do profissional.

terça-feira, 6 de outubro de 2015

Você já ouviu falar em crochetagem?

Se você pensou em costura e crochê, se enganou. Na verdade, a crochetagem é um método muito utilizado na fisioterapia para tratamento de dores musculoesqueléticas em geral. O nome dessa técnica vem da palavra crochet em francês, que significa gancho. Isto porque o método utiliza um instrumento de aço inoxidável que tem forma de gancho, criado para se adaptar as superfícies do corpo de forma anatômica.
O método foi elaborado pelo fisioterapeuta sueco Kurt Ekman, nos anos 70. Ele buscava um modo de trabalhar as estruturas de maneira mais apurada, profunda e precisa. Teve a ideia de criar ganchos (crochets) de diferentes curvaturas, cuja extremidade terminava em uma espátula. Estes instrumentos, permitiam acessar o espaço entre os elementos a liberar, inacessíveis à mão devido à espessura dos dedos.
A crochetagem melhora a circulação sanguínea, pois aumenta a liberação de histamina, substância que atua como vasodilatadora no organismo, causadora também da vermelhidão que sucede as sessões de crochetagem, mas que não tem efeito maléfico.
No dia a dia, a crescente utilização da crochetagem por parte dos fisioterapeutas está relacionada aos rápidos e satisfatórios resultados encontrados no método. Em geral, a indicação mais beneficiada pela técnica é o tratamento das aderências e fibroses causadas por cirurgias. Dores musculares, tendinites, lombalgia, cervicalgia, dores nos nervos, entre outras síndromes dolorosas também têm indicação para a crochetagem, que só deve ser aplicada por fisioterapeutas especializados na área.

sábado, 26 de setembro de 2015

Reiki: Energia Vital Universal

Você já ouviu falar em Reiki? Reiki é a energia vital universal, aplicada pela imposição das mãos. É uma técnica que foi desenvolvida por um japonês há mais de cem anos para promover o bem estar e a saúde do ser humano. O objetivo é que tanto quem aplica quanto quem recebe atinja um estado de equilíbrio natural, seja ele emocional, físico ou espiritual.


A terapia consiste na posição das mãos em determinados pontos sincrônicos, que serve como instrumento para energizar o corpo estando em harmonia com a energia universal. Atua com resultados concretos em fatores mentais, como: ansiedade, estresse, depressão, insônia, fobias e insegurança. Assim como em fatores físicos também: órgãos, tecidos e sistemas. O Reiki é preventivo e harmonizador, agindo sempre na causa do problema.Estudos comprovam que pacientes que tiveram sessões de Reiki obtiveram uma diminuição da tensão expressa pelo músculo da testa e redução da corrente elétrica da pele. Isso indica os benefícios do Reiki, como a redução de estresse, aumento de bem estar e uma capacidade maior do corpo de lidar com sua própria saúde.

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

ThetaHealing: Mente, Corpo e Espírito em equilíbrio!


ThetaHealing é uma técnica de cura energética que identifica e muda crenças, sentimentos e padrões bloqueadores, criando imediatamente uma nova realidade para sua vida.

São crescentes as evidências científicas que as crenças e emoções negativas podem contribuir para o desenvolvimento de doenças físicas, mentais, psíquicas, emocionais, entre outras. Nossas crenças constroem nossa realidade.


Imagine poder identificar as crenças que geram medos, receios, doenças, entre outros problemas que assolam a vida de centenas de milhares de pessoas, trabalhá-los de forma consciente retirando-os de sua vida e, a partir daí, viver feliz e saudável, evoluir pessoal e profissionalmente. Em síntese, viver a vida em seu potencial máximo!


Para saber mais sobre o ThetaHealing, acesse nosso site!

quarta-feira, 29 de julho de 2015

Sucos para desentoxicar!

Sucos detox são tudo de bom. De maneira prática e rápida, fazem as toxinas que ingerimos serem eliminadas, promovendo uma limpeza interna que facilita o processo de emagrecimento. Veja abaixo uma lista com cinco sucos detox, de sabores diferentes, para que você possa escolher o que mais te agrada.

1) Melancia com gengibre: O detox funciona melhor se os ingredientes forem funcionais e complementares. Nesta receita, temos a combinação perfeita, juntando melancia, gengibre e linhaça.


Ingredientes:
  • 3 fatias de melancia sem caroço
  • 1 colher de chá de linhaça triturada
  • 1 colher de chá de gengibre ralado
Modo de preparo:
  • Bata todos os ingredientes no liquidificador
  • Sirva com muito gelo!
2) Cenoura e Pimentão: Feito com limão, gojiberry, erva doce, cenoura, champignon e pimentão.


Ingredientes:
  • 200 ml suco de cenoura (passada na centrífuga)
  • 200 ml suco de pimentão amarelo (passado na centrífuga)
  • 2 colheres (chá) de gojiberry
  • 50 ml suco de erva-doce (passada na centrífuga)
  • 100 ml suco de limão
  • 50 ml de suco de champignons frescos (passados na centrífuga)
Modo de preparo:
  • Coloque todos os ingredientes no liquidificador.
  • Junte o suco de limão, o de erva-doce e o chá de gojiberry.
  • Bata e sirva gelado!
  • Sugestão: Pode substituir a Goji Berry por maçã, o que aumentará a sensação de saciedade.
3) Suco Verde: A couve é a base desta receita de suco verde que, além de ajudar a detonar a gordura extra, refresca e faz bem à saúde.


Ingredientes:
  • 2 laranjas
  • 3 folhas de couve
  • 1 gengibre
  • 1 litro de água

Modo de preparo:
  • Descasque as laranjas.
  • Corte-as em pedaços e tire as sementes.
  • Coloque no liquidificador.
  • Junte as folhas de couve bem lavadas e com talo.
  • Acrescente um pedacinho de gengibre.
  • Complete com o litro de água e bata tudo.
  • Depois, coe, acrescente adoçante a seu gosto.
  • Sirva com muito gelo.

4) Suco de Tomate: Esta fórmula ajuda a proteger o sistema imunológico, melhora o funcionamento do intestino e elimina a gordura em excesso.


Ingredientes:
  • 200 ml de suco de tomate pronto
  • 25 ml de suco de limão
  • 2 gotas de pimenta Tabasco (a gosto)
  • Água com gás
Modo de preparo:
  • Misture todos os ingredientes e sirva em copos de vidro com pedras de gelo.
  • Recomendamos o suco pronto por ser mais prático. A dica da água com gás é para aumentar a sensação de saciedade.
  • E a pimenta? Este ingrediente secreto ajuda a acelerar o metabolismo. Isso porque é a pimenta é termogênica, ou seja, aumenta a temperatura interna corporal. Com isso, queima calorias extras e ajuda a emagrecer.
5) Suco Verde com Água de Coco: Além de dar um sabor especial às bebidas, a água de coco é considerada um isotônico natural, por ser rica em sais minerais, como sódio e potássio.


Ingredientes:
  • 2 folhas de couve
  • 1 colher (sopa) de suco de gengibre
  • 2 colheres (sopa) de suco do limão
  • 3 gotas de pimenta Tabasco
  • 300 ml de água de coco
Modo de preparo:
  • Coloque todos os ingredientes no liquidificador.
  • Junte o suco de limão e as gotinhas de pimenta.
  • Bata, adoce a gosto e sirva gelado!
Superfáceis de fazer, estes sucos detox foram criados especialmente para ajudar você a zerar as toxinas do corpo e começar bem um programa para perder peso e manter a forma!

A importância da Reeducação Perineal para gestantes.

O corpo humano possui uma estrutura conhecida como assoalho pélvico, que é uma espécie de membrana formada por músculos e ligamentos, que dá suporte aos órgãos localizados na pelve como útero, bexiga e próstata, além de controlar as funções urinárias e fecais, assim como as sexuais. O esfíncter anal, os músculos perineais e os diafragmas urogenital e pélvico formam a musculatura dessa região.

Por diversos motivos, algumas pessoas ao longo da vida, apresentam enfraquecimento dessa musculatura, o que pode causar desde incontinência urinária até disfunções sexuais, como a falta de orgasmo ou o vaginismo nas mulheres, por exemplo.

Desta maneira, a fisioterapia desenvolveu técnicas específicas, que ajudam os pacientes com este tipo de problema a fortalecer a musculatura do assoalho pélvico e assim recuperar algumas funções ou ter uma melhora na qualidade de vida. Conhecida como reeducação perineal, a técnica surgiu nos Estados Unidos, em 1948.

Atualmente, a reeducação perineal também pode ser considerada uma modalidade preventiva no caso das gestantes, que podem fazer o tratamento antes e após o parto, para evitar problemas no futuro, como a incontinência urinária. Segundo dados da Sociedade Brasileira de Urologia, 10 milhões de pessoas no país sofrem deste problema. Os homens que retiram a próstata ou têm problemas na glândula também estão sujeitos a desenvolver essa condição.  

Quando a musculatura pélvica fica enfraquecida, os órgãos internos como bexiga, útero e intestino começam a “cair”, o que na linguagem científica é chamado de prolapso, que pode ser de primeiro, segundo e terceiro grau, sendo este último de maior gravidade e, na maioria dos  casos, exige tratamento cirúrgico.

Mas, muitas pessoas são beneficiadas com a fisioterapia que fortalece a região pélvica, especificamente o períneo. Os exercícios envolvem a contração e o relaxamento da musculatura. Alguns aparelhos podem ser usados, como o de eletroestimulação muscular e para as mulheres são utilizados cones vaginais, que ajudam na percepção dos estímulos feitos durantes os exercícios de contração e relaxamento.

Todas as atividades feitas na reeducação perineal reforçam o tônus muscular não só da região pélvica, como também fortalecem a musculatura abdominal, portanto, a técnica é útil inclusive para pessoas que apresentam dores na coluna ou algum tipo de desalinhamento. Um exemplo bastante interessante é que uma pessoa que trabalha sentada tem a região do períneo enfraquecida, principalmente quando não tem uma postura correta.

Portanto, podemos afirmar que a reeducação perineal é uma importante técnica fisioterapêutica, com um amplo campo de aplicação, que ajuda o individuo a ter uma melhor percepção do corpo, das funções e consequentemente, uma vida mais saudável e ativa. 

quarta-feira, 22 de julho de 2015

Terapia Crânio-Sacral, uma novidade que pode auxiliar na cura de patologias clínicas.

A Terapia Crânio-Sacral busca acessar o potencial de cura que há em cada indivíduo, ou seja, acordar o médico interno que há em cada um. A base da terapia é o acompanhamento da movimentação sutil dos ossos que formam o sistema crânio-sacral (crânio, coluna vertebral e sacro). Seus toques são extremamente suaves, e portanto, pode ser aplicada inclusive em recém nascidos. A técnica foi desenvolvida pelo osteopata John E. Upledger, quando observou em uma cirurgia que as membranas que envolvem o Líquor da medula pulsavam num padrão diferente dos padrões conhecidos, o respiratório e o circulatório.

O Líquor é uma solução salina, com baixa concentração de proteínas e células, incolor e transparente, responsável por transportar oxigênio, glicose e outras substâncias do sangue para os neurônios e para a neuróglia. O Líquor circula entre espaços do crânio, medula espinal, e pelo sacro.

Para aqueles que desconhecem, o sacro é um osso grande e triangular localizado na base da coluna vertebral e na porção superior e posterior da cavidade pélvica, no qual está inserido como uma fatia entre os dois ossos do quadril. Sua parte superior se conecta com a última vértebra lombar, e sua parte inferior com o osso do cóccix.

A pulsação do Liquor é chamada de somática primária, pois é a primeira que se manifesta, ainda, no útero materno. O terapeuta consegue sentir essa pulsação em todo o corpo do paciente. E quando não sentir, com toques sutis, a estimulará, buscando quebrar bloqueios, para ativar o potencial de cura, que resulta em auto-recuperação. Este reequilíbrio leva a uma sensação de tranquilidade e de bem-estar.

A Terapia Crânio-Sacral é classificada como psicoterápica. Isso faz que com que bloqueios físicos e emocionais se decomponham durante o tratamento, no qual o terapeuta irá acolher o paciente e ajudá-lo a redescobrir e encontrar seu caminho natural de transformação.

É comum o paciente procurar este tipo de terapia por causa de dores corporais. Entretanto, esta dor é comumente resultante de um trauma emocional. Assim, durante os toques sutis do terapeuta, o desaparecimento da dor e a manifestação das memórias podem ser concomitantes e emoções presas são liberadas.

terça-feira, 23 de junho de 2015

Terapia Natural: Reiki e seus benefícios



Reiki é uma forma de terapia holística natural, baseada na canalização da energia universal (Rei), que através da imposição de mãos do terapeura irradiam-se as vibrações de harmonia da energia vital do universo com o objetivo de restabelecer o equilíbrio energético vital (Ki) de quem a recebe e, assim, restaurar o estado de equilíbrio natural e podendo refletir assim nas zonas doentes do corpo de um paciente, eliminando doenças e promovendo saúde.

A terapia favorece todos os tipos de tratamentos voltados à cura, aliviando dores e sintomas agudos. Acalma e tranquiliza o paciente, além de potencializar o efeito dos medicamentos. Os chakras são equilibrados, proporcionado a harmonia dos corpos.

A terapia Reiki também tem influência muito positiva em relação ao crescimento espiritual, não tendo qualquer contra indicação, podendo ser aplicada em pessoas de todas as idades.


Dentre os principais benefícios dessa terapia natural, estão:

  • Redução do estresse e ansiedade;
  • Equilíbrio hormonal e diminuição dos sintomas da tensão pré-menstrual;
  • Redução das toxinas;
  • Equilíbrio emocional;
  • Aumento da criatividade;
  • Aumento da calma, tranquilidade e serenidade;
  • Aumento do autocontrole;
  • Diminuição da impulsividade;
  • Fortalecimento do sistema imune;
  • Prevenção de doenças desde a gripe ao câncer;
  • Diminuição dos sintomas da depressão e da síndrome do pânico;
  • Não tem contraindicações.

quarta-feira, 17 de junho de 2015

A importância do músculo "psoas" para a nossa saúde, vitalidade e bem-estar emocional.


psoas é o músculo mais profundo e estabilizador no corpo humano , afetando o equilíbrio estrutural, a amplitude dos movimento, a mobilidade articular e o funcionamento dos órgãos do abdômen.
É o único músculo que liga a coluna vertebral às pernas, sendo responsável por nos manter em pé, permitindo levantar as pernas para andar. O psoas saudável estabiliza a coluna vertebral e proporciona apoio através do tronco, além de formar um bom suporte para os órgãos abdominais.
Estudos recentes também consideram o psoas,  um órgão de percepção composto de tecido bio-inteligente que incorpora literalmente, nosso desejo mais profundo de sobreviver e florescer. Ou seja, ele é  o mensageiro primário do sistema nervoso central, por isso também é considerado um porta-voz das emoções (“borboletas na barriga”). Isto acontece, porque o psoas está ligado com o diafragma através do tecido conjuntivo, influenciando tanto a respiração, quanto o medo reflexo.
Um estilo de vida acelerado e o estresse geram uma descarga de adrenalina que cronicamente tensiona o psoas, preparando-nos para correr, entrar em ação ou contrair-se, como forma de nos proteger.  Se mantivermos o psoas constantemente em tensão devido ao estresse, eventualmente, começarão a encurtar e endurecer. Assim dificultará a nossa postura e as funções dos órgãos que se localizam no abdômen, resultando em dor nas costas, dor ciática, problemas de disco, degeneração do quadril, períodos de menstruações dolorosas ou problemas digestivos.
Além disso, um psoas tenso envia sinais de voltagem para o sistema nervoso, interfere nos movimentos dos fluidos e afeta a respiração do diafragma. Na verdade, o psoas está tão intimamente envolvido nas reações físicas e emocionais básicas que quando está cronicamente estressado, envia constantemente sinais de alerta ao corpo, por isso pode afetar o esgotamento das glândulas supra-renais e do sistema imunológico . Esta situação é agravada pela maneira de sentar-se ou posições dos nossos hábitos diários, reduzindo nossos movimentos naturais e contraindo ainda mais os músculo.
Um psoas liberado permite alongar muito mais a parte posterior dos músculos e permite que as pernas e pélvis movam-se com  mais facilidade e independência. Melhora a posição da coluna vertebral e de todo o tronco, com a consequente repercussão na melhoria das funções dos órgãos abdominais, da respiração e do coração.
O psoas seria como um órgão de canalização da energia, um núcleo que nos conecta com a terra, nos permite criar um suporte forte e equilibrado desde o centro da nossa pélvis. Assim, a coluna vertebral se alonga e, através dela, pode fluir toda nossa vitalidade.

segunda-feira, 8 de junho de 2015

Aprenda a se alimentar bem, antes e depois do treino


A busca por uma vida saudável e por uma boa forma física vem atraindo cada vez mais pessoas às academias, aos treinamentos funcionais, às lutas corporais e às corridas de ruas. O resultado dos exercícios físicos está ligado não apenas às horas investidas nas atividades e aos bons equipamentos. A maior parte do sucesso de um treinamento é motivado pela ingestão de refeições corretas no pré e no pós-treino, sendo fundamental para alcançar os objetivos planejados.

A alimentação antes do treino é um fator importantíssimo, porque ela é o combustível que vai dar energia e evitar que o desportista passe mal durante o exercício. Os alimentos ricos em carboidratos e proteínas são os mais indicados para o pré-treino, já que os carboidratos vão evitar o catabolismo muscular, ou seja, a perda de massa magra, e contribui para o rendimento do atleta. Carboidratos como batata-doce, pães e biscoitos integrais, ovos, iogurte desnatado, frutas com granola ou com mel e frango grelhado são fontes de energia de rápida absorção.

Já o pós-treino tem que ser saudável e serve para repor os nutrientes perdidos. É tão importante quanto o que é ingerido antes e outros nutrientes ajudam a repor as proteínas perdidas durante os exercícios. Banana com aveia, iogurte desnatado, mamão, queijo branco e a batata-doce são alguns dos alimentos adequados para a refeição depois de atividades intensas. Para quem é adepto aos suplementos, é recomendado whey protein e dextrose.


Refeições que incluam alimentos com termogênicos naturais, a exemplo do gengibre, da canela, cafeína e o chá verde também são bem-vindos antes de qualquer atividade física. Esses alimentos são de fácil absorção e ajudam a queimar calorias, acelerando o metabolismo. Mas é bom lembrar que nada deve ser consumido de forma exagerada, porque até mesmo o cardápio mais saudável, é prejudicial quando consumido sem moderação.


A reeducação alimentar também tem que seguir horários. O ideal é se alimentar uma hora antes do exercício. O corpo não consegue fazer duas coisas ao mesmo tempo. Ou faz a digestão ou o exercício físico de forma eficiente. Normalmente é recomendado um intervalo de uma hora, ou em alguns casos de 30 minutos entre a refeição e o treinamento. Já a refeição pós-treino pode ser feita imediatamente ao término.

As refeições, de três em três horas no dia, também devem ser respeitadas. O organismo tem memória, e decora que se você passa muito tempo sem comer e vai economizar energia e não absorver os nutrientes a partir do que é ingerido. Se você acostuma a comer nos horários certos, com lanches entre as principais refeições, o metabolismo acelera.

Durante o treino é importante se manter hidratado, mas é errado comer. Apenas em treinamentos acima de duas horas que é preciso reposição de carboidratos e proteínas de duas em duas horas.

Confira abaixo, algumas sugestões de refeições para o pré e pós treino:

Pré-treino
  • Uma banana amassada + 2 colheres de sopa de aveia + 1 colher de sobremesa de mel + 1 fatia de queijo branco
  • Salada de frutas + 2 colheres de sopa de granola e mel + 1 fatia de queijo branco
  • 2 fatias de pão integral + 1 ovo mexido ou frango desfiado ou requeijão light
  • 1 copo com vitamina (200 ml de leite desnatado com 1 banana ou ½ de mamão papaya + 1 colher de sobremesa de mel + 2 colheres de aveia) + 2 castanhas


Pós-treino
  • 2 pedaços de peito de frango médios + 4 colheres de arroz integral + cenoura e beterraba crua raladas
  • 2 pedaços pequenos de batata-doce + 1 pedaço de peito de frango médio
  • scoop de Whey Protein isolado + 1 scoop de dextrose + 1 banana
  • Omelete de duas claras + 1 fatia de queijo branco + 1 colher de sopa de farelo de aveia + 1 banana

terça-feira, 26 de maio de 2015

Exercícios para uma boa postura durante o trabalho.


Se você passa a maior parte do seu dia sentada em frente a um computador, possivelmente sente ou já sentiu dor nas costas ou algum tipo de desconforto. Isso ocorre porque a ergonomia das poltronas (no trabalho ou em casa), assim como nos meios de transporte, seguem um padrão que dificilmente atende a todos.
Muitas horas numa mesma posição causa fadiga muscular em regiões específicas, causando um desequilíbrio corporal. Por conta dessa fadiga criamos posturas inadequadas no dia a dia, o que chamamos de vícios posturais e que, em longo prazo, podem propiciar dores e a atrofia muscular.
Confira algumas dicas práticas da para corrigir a postura e mandar aquelas dores chatas do dia a dia embora para sempre. São exercícios que levam pouco tempo, mas que trarão benefícios importantes para uma boa qualidade de vida.
Acerte a altura da tela: A altura da tela do computador deve ser a que o olhar fique horizontal, preservando assim as vértebras cervicais. A cadeira deve estar posicionada de forma que as pernas estejam a 90º e o punho em posição neutra com o antebraço sempre apoiado.
Mantenha a postura: O apoio dos ossinhos do bumbum no assento é necessário para manter uma postura correta na posição sentada. Uma almofada inclinada, com altura maior atrás, facilita o apoio. A inclinação da poltrona a 90° também. Cruzar as pernas também é altamente prejudicial para uma postura correta.
Ande: Quando ficamos por muito tempo sentados não conseguimos, e nem é aconselhável, ficar horas numa mesma posição. Por isso, é importante levantar-se a cada 2 horas e caminhar um pouco, favorecendo assim a mobilização articular, a circulação sanguínea e o retorno venoso.
Movimente os pés: Caso não seja possível levantar-se, ao menos faça movimentos com os pés para um lado e para o outro. Faça também movimentos de rotação com a cabeça e os punho.
Use uma bolinha de tênis: Outro acessório que ajuda bastante é a bolinha de tênis. Ao passar na planta dos pés, sem os sapatos, libera os músculos da “cadeia posterior” e auxilia no retorno venoso. O efeito é maior quando a pessoa está de pé, mas pode ser usada sentada também.

quinta-feira, 14 de maio de 2015

Conheça a Fisioterapia Uro-Ginecológica


A Fisioterapia Uro-Ginecológica é um conjunto de técnicas para reabilitação dos músculos que compõem o assoalho pélvico, atuando no tratamento dos distúrbios perineais. 

Os músculos do assoalho pélvico desenvolvem inúmeras funções benéficas para a saúde. Entre a mais importante função está à manutenção na posição anatômica dos órgãos pélvicos, funcionando como sustentação desses órgãos.

Com o passar dos anos, acumulados às transformações metabólicas que o corpo apresenta, estes músculos estão sujeitos a sofrer enfraquecimento, assim a função de sustentação deixa de existir, dificultando o bem-estar físico e psicológico.

O desempenho sexual também poderá ser comprometido, pois não mais existirá a sensação de pressão intravaginal, o que dificultará o ato sexual tanto para a mulher quanto para seu parceiro.

Como qualquer outro grupo muscular do corpo humano, a musculatura do assoalho pélvico pode e deve ser trabalhada, ou seja, deve ser fortalecida para melhorar a qualidade de vida e não gerar os problemas descritos acima.

As técnicas para reabilitação do assoalho pélvico são indicadas nos seguintes casos:
  • No pós-cirúrgico de prostatectomia (cirurgia de retirada da próstata).
  • Na incontinência urinária (homens e mulheres).
  • No pré e pós-parto.
  • Nas distopias urogenitais (bexiga caída).
  • No pré e pós-cirúrgico de cirurgias vaginais.
  • Na prevenção da incontinência urinária (perda involuntária de urina).
  • Na incontinência fecal (incapacidade de controlar a eliminação de fezes).
  • Na disfunção sexual feminina (vaginismo, dispareunia, vulvodinia, flacidez).
  • No prolapso de órgãos (exteriorização de órgãos pelo canal vaginal ou anal).

quarta-feira, 6 de maio de 2015

Fisioterapia global para tratamento de dores e lesões


A Clínica Ariane Pitrez Fisioterapia e Estética trata a dor dos pacientes de uma forma mais global, considerando itens que vão desde a análise estrutural do corpo e de sua postura ao trabalhar e a executar atividades físicas, até seus hábitos alimentares. 

Este novo olhar da fisioterapia pretende tratar a dor ou a lesão, acabando de vez com a queixa do paciente – tudo em prol de seu bem-estar físico e de sua qualidade de vida. 

Um primeiro passo é tirar a dor do paciente, indicando quais cuidados irá tomar para não cansar a musculatura ou articulação. É indicado sempre o acompanhamento de um médico e a ingestão dos medicamentos que o mesmo sugere para sair da crise. Já o tratamento fisioterápico abrange diversas técnicas reabilitadoras e irá despertar a consciência corporal do paciente para que ele mesmo se corrija, quando for o caso.

O tratamento de reabilitação na clínica, em geral, alia técnicas inovadoras da fisioterapia, como as de fortalecimento corporal, como o Sling Training (vindo da Alemanha para o Brasil em 2009), passando pela RPG (método Souchard), pela RPA (Reestruturação Postural Ativa), pelo SGA (Stretching Global Ativo), pelo Sling Desk (método de suspensão) e pela Massoterapia.

Cada paciente irá passar por uma sequência de métodos, diferenciada e personalizada, que seja indicada para seu quadro clínico.

A Clínica Ariane Pitrez ainda oferece Shiatsu, para um relaxamento mais profundo do paciente. Suas sessões duram aproximadamente 1 hora, são dinâmicas e visam despertar o paciente a levar consigo um novo conhecimento de seu corpo para aplicar em sua rotina.

Os resultados deste novo olhar da fisioterapia são duradouros, a equipe Ariane Pitrez Fisioterapia e Estética garante!